As ações de empresas de mineiração de criptomoedas como a Coinbase (COIN) e RobinHood (HOOD) estão caindo para os seus recordes mínimos

As notícias ruins persistem no domínio de manchetes o boato mais interessante e recente que está circulando é que...

David Dias - 12 de maio de 2022
As ações de empresas de mineiração de  criptomoedas como a Coinbase (COIN) e RobinHood (HOOD) estão caindo para os seus recordes mínimos



Conforme relatado, o preço das ações das empresas de mineração BTC listadas e outras empresas com exposição à criptomoeda estão a beira do abismo e chegando aos seus mínimos anuais à medida que o mercado de criptomoedas continua a se movimentar.

As notícias ruins persistem no domínio de manchetes o boato mais interessante e recente que está circulando é que desde o dia de 12 de maio ocorreu um colapso inesperado do ecossistema Terra. Além da fraqueza observada nas ações, as empresas listadas com exposição a startups de blockchain e mineração de criptomoedas também declinaram acentuadamente.

Embora possa ser fácil acusar a situação apenas pela implosão do Terra, mas na verdade é que o preço das ações de mineração de Bitcoin refletiu amplamente o desempenho do BTC desde que atingiu um pico em novembro de 2020.

Fonte: TradingView

É bem possível que esse preço das ações ainda sofra enquanto o Bitcoin manter-se em queda diante de vários ventos contrários, incluindo as taxas de juros crescentes, inflação e até mesmo o conflito global.

Os serviços financeiros de criptografia também corrigem

Mas atenção, não é apenas as ações de mineração de Bitcoin que caíram atualmente, pois as mais diversas empresas com qualquer tipo de associação com criptoativos também estão sentindo o calor em maio.

Após o lançamento de declarações prospectivas cedidas pela Seekingalpha, eles estão projetando um declínio contínuo nos usuários ativos e também dentro do volume de negócios, preço das ações da Coinbase (COIN) por exemplo, atingiram uma baixa histórica, cerca de US$ 41,23 nas primeiras horas de negociação em 12 de maio. 

Fonte: TradingView

Robinhood (HOOD) também acompanhou o preço de suas ações cair para uma nova baixa também nunca antes vista; US$ 7,73 em 12 de maio, um dia depois que a empresa revelou que sua receita de transações de criptoativos caiu 39% ano a ano no primeiro trimestre de US$ 88 milhões em 2021 para US$ 54 milhões em 2022.

Embora a HOOD não seja uma exchange somente de criptomoedas, é preciso observar que cerca de 18% de sua receita líquida no primeiro trimestre veio apenas de transações relacionadas a criptomoedas, o que é significativo ao comparar o tamanho do mercado de criptomoedas com os outros mercados apresentados na plataforma.

Fraqueza se espalha por todo o setor de tecnologia

As quedas nas ações relacionadas a criptomoedas refletem um cenário de fraqueza e isso vai generalizar dentro de todos os mercados financeiros, ainda mais dentro do setor de tecnologia.

Muitas projeções otimistas e flexibilização foram feitas anualmente e de forma resultaram em um setor de tecnologia supervalorizado e ao mesmo tempo, volátil, que tem convulsões se os ganhos ficarem abaixo das expectativas.

As ações da FAANG lideraram a queda, pesando o Nasdaq, que encerrou abril com seu pior desempenho mensal desde a crise financeira de 2008 .

Fonte: TradingView

As perdas vistas pelo Nasdaq progridem ainda mais dentro do mês de maio, com um índice de referência em declínio com outros 9,15%, sendo agora o seu nível mais baixo desde novembro de 2020.

Fonte: https://cointelegraph.com/news/crypto-associated-stocks-hammered-as-coin-and-hood-drop-to-record-lows