Auxilio Brasil, conheça o novo programa social e veja como se cadastrar para receber o benefício

DicasAuxilio Brasil, conheça o novo programa social e veja como se cadastrar...

Auxílio Brasil é o novo programa social do governo federal. É dirigido a famílias em extrema pobreza.

A primeira parcela do auxílio brasil começou a ser paga aos beneficiários do antigo Bolsa Família em novembro. Já no mês de dezembro esses pagamentos serão estendidos a mais pessoas e beneficiários.

Com o anúncio de que o Auxílio Brasil vai permitir novos beneficiários, não apenas cadastrados do Bolsa Família.

Criado para atender famílias em situação de extrema pobreza, ou em situação de pobreza cujas mulheres grávidas ou pessoas com até 21 anos de idade estejam incompletas. o novo programa do governo federal visa atender beneficiários já cadastrados no caixa tem

O governo federal aprovou nessa sexta-feira (26/11) o pagamento do Auxílio Brasil aos beneficiários do Bolsa Família com o Número de Inscrição Social (NIS) de final 8.

O valor médio mensal é do novo benefício do Auxílio Brasil é de R$ 217,18 – valor esse 17,8% superior à média do programa anterior.

Leia mais: Como Solicitar o novo cartão de crédito caixa Tem

O que é Auxílio Brasil?

O que é Auxílio Brasil?

Auxílio Brasil é o novo programa social do governo federal criado para substituir o antigo Bolsa Família.
Segundo o Ministério da Cidadania responsável pelo benefício, o Auxílio Brasil integra diversas políticas públicas de assistência social, saúde, educação, emprego e renda.
Em novembro de 2021, cerca de 14,5 milhões de famílias teriam recebido o Bolsa Família.
O governo federal presume que o novo programa social aumentará o número de beneficiários. Por isso, de acordo com o governo, serão alcançadas em dezembro 17 milhões de famílias que serão beneficiadas pelo auxílio do Brasil.

Quem irá receber o novo Auxílio Brasil?

Saiba se você foi poderá receber o benefício

O novo benefício social Auxílio Brasil será pago a famílias que se enquadrarem nas seguintes situações:
1) extrema pobreza: caracterizada pela renda familiar mensal por pessoa no valor de até R$ 100,00; 
2) pobreza: caracterizada pela renda familiar mensal por pessoa entre R$ 100,01 e R$ 200,00.
Além disso, também terão direito a receber o benefício as famílias em condições de emancipação.

De acordo com o decreto 10.852 do dia 8 de novembro de 2021 

Art. 20. O Programa Auxílio Brasil atenderá às famílias em situação de:
I – extrema pobreza, caracterizada pela renda familiar mensal per capita no valor de até R$ 100,00 (cem reais), denominada “linha de extrema pobreza”; e
II – pobreza, caracterizada pela renda familiar mensal per capita no valor entre R$ 100,01 (cem reais e um centavo) e R$ 200,00 (duzentos reais), denominada “linha de pobreza”.
Art. 21. As famílias elegíveis ao Programa Auxílio Brasil identificadas no CadÚnico poderão ser priorizadas a partir de critérios baseados em conjunto de indicadores sociais capazes de estabelecer com maior acuidade as situações de vulnerabilidade social e econômica.
Parágrafo único. O conjunto de indicadores sociais de que trata o caput será:

I – estabelecido com base nos dados relativos aos integrantes das famílias, a partir das informações constantes do CadÚnico e de estudos socioeconômicos; e
II – divulgado pelo Ministério da Cidadania.

Regras em relação à saúde e à educação também serão levadas conta como por exemplo:  
Crianças de até 7 anos de idade devem estar com a vacinação em dia e ter acompanhamento nutricional (peso e altura);
Gestantes precisam fazer o pré-natal;
Crianças, adolescentes e jovens devem estar matriculados na escola e ter frequência mínima comprovada (60% para crianças de 4 e 5 anos, 75% para beneficiários de 6 a 21 anos incompletos).

Como saber se vou receber o novo Auxílio Brasil?


Para verificar se o cadastro foi aprovado para receber o Auxílio Brasil, o cidadão pode consultar a inscrição no Cadastro Único (CadÚnico), plataforma do Governo Federal que controla os programas assistenciais.

Você também pode consultar irá participar do novo benefício social aqui:

https://consultaauxilio.cidadania.gov.br/consulta/#/
Site da Caixa: auxilio.caixa.gov.br
Telefone 111

No aplicativo Auxílio Brasil, assim como no caixa também é possível fazer a consulta pelo CPF. No momento, apenas 14 milhões de cadastrados receberão o benefício. São as mesmas pessoas que recebiam o Bolsa Família. O governo pretende ampliar esse número para 17 milhões de famílias.

O novo Auxílio Brasil possui 9 modalidades diferentes. São  de benefícios dentro do Auxílio Brasil. Entre elas, 3 formam o que se chama de “núcleo básico”. 
As modalidades do núcleo básico do Auxílio Brasil são:


Benefício Primeira Infância: para famílias com crianças entre 0 e 36 meses (3 anos) incompletos. 
Benefício Composição Familiar: diferente da atual estrutura do Bolsa Família, que limita o benefício aos jovens de até 17 anos, será direcionado também a jovens de 18 a 21 anos incompletos. O objetivo é incentivar esse grupo a permanecer nos estudos para concluir pelo menos um nível de escolarização formal.  
Benefício de Superação da Extrema Pobreza: se, após receber os benefícios anteriores, a renda mensal per capita da família não superar a linha da extrema pobreza, ela terá direito a um apoio financeiro sem limitações relacionadas ao número de integrantes da família.
Veja abaixo as outras 6 modalidades de benefícios dentro do Auxílio Brasil e quem está elegível para receber o benefício: 
Auxílio Esporte Escolar: destinado a estudantes com idades entre 12 e 17 anos incompletos que sejam integrantes de famílias beneficiárias do Auxílio Brasil e que se destacarem em competições oficiais do sistema de jogos escolares brasileiros.  
Bolsa de Iniciação Científica Júnior: para estudantes com bom desempenho em competições acadêmicas e científicas e que sejam beneficiários do Auxílio Brasil. A transferência do valor será feita em 12 parcelas mensais. Não há número máximo de beneficiários.
Auxílio Criança Cidadã: direcionado ao responsável por família com criança de 0 a 48 meses incompletos que consiga fonte de renda, mas não encontre vaga em creches públicas ou privadas da rede conveniada. O valor será pago até a criança completar 48 meses de vida, e o limite por núcleo familiar ainda será regulamentado.
Auxílio Inclusão Produtiva Rural: pago por até 36 meses aos agricultores familiares inscritos no Cadastro Único.
Auxílio Inclusão Produtiva Urbana: quem estiver na folha de pagamento do Auxílio Brasil e comprovar vínculo de emprego formal receberá o benefício.
Benefício Compensatório de Transição: para famílias que estavam na folha de pagamento do Bolsa Família e perderem parte do valor recebido em decorrência do enquadramento no Auxílio Brasil. Será concedido no período de implementação do novo programa e mantido até que haja aumento do valor recebido pela família ou até que não se enquadre mais nos critérios de elegibilidade.

Como se cadastrar no Auxílio Brasil?

Como se cadastrar no Auxílio Brasil?

Qualquer cidadão brasileiro emancipado ou maior de 18 anos pode solicitar acesso ao Auxílio Brasil. No entanto, deve-se lembrar que o auxílio brasil destina ao público mais vulnerável do país e, portanto, regras especiais de registro se aplicam.
Se a pessoa foi beneficiária do Bolsa Família até outubro de 2021, não precisa se inscrever. O governo federal anunciou que as famílias apoiadas pelo Bolsa Família em outubro migrarão automaticamente para o Auxílio Brasil.
Portanto, as famílias que se encontram em situação de pobreza ou extrema pobreza devem se cadastrar no cadastro único dos programas sociais estaduais (Cadúnico).

Qual a diferença entre o Bolsa Familia e novo Auxílio Brasil?

A principal diferença entre o Auxílio Brasil e o Bolsa Família é que o novo programa social está previsto para envolver um maior número de famílias e com isso o governo estima aumentar consideravelmente o numero de novos beneficiários.

Neste momento, o Auxílio Brasil vai beneficiar as mesmas famílias do Bolsa Família e esse será um processo que acontecerá automaticamente, sem que essas famílias tenham que se registrar ou cadastrar novamente.

Os cerca de 14,5 milhões de famílias que o Bolsa Família atendeu em outubro de 2021 serão automaticamente incluídos no recebimento do Auxílio Brasil movido.

Depois disso, a partir de dezembro, o número total de famílias beneficiadas chegará a 17 milhões, segundo o governo.

Esse valor maior deverá ser alcançado caso a atual lista de espera do Bolsa Família seja zerada.

Outra novidade é que o valor a ser recebido no Auxílio Brasil é, inicialmente, cerca de 18% superior a todos os serviços do Bolsa Família.
Pelas projeções do governo federal, os valores para todas as famílias devem chegar a R $ 400 por mês.

Como saber se fui aprovado no Auxílio Brasil?

O primeiro passo para verificar se aprovado no Auxílio Brasil é verificar se o cadastro no Cadúnico transcorreu sem problemas ou se existem pendências onde as informações precisam ser atualizadas.

A solicitação para Para apurar se o cadastro está correto, pode ser feito de duas formas, pelo site do MeuCadÚnico ou pelo app. O aplicativo está disponível para telefones Android e iOS.

Lembre-se que se houver problemas no cadastro no CadÚnic, o Auxílio Brasil poderá não ser liberado, mesmo que atenda aos requisitos do programa.


Caso o seu cadastro no MeuCadÚnico esteja correto é só instalar o aplicativo Auxílio Brasil ” que nada mais é que uma atualização do aplicativo Bolsa Família”. Então, se você já tem o aplicativo Bolsa Família no seu celular, é só fazer a atualização.

Consulte se você foi aprovado no programa através do app Auxílio Brasil. basta inserir o CPF e o aplicativo irá informar se o cadastro foi aprovada ou não. Vale lembrar que a consulta ainda não divulga o resultado de quem não recebe o Bolsa Família.

Viu como se Fazhttps://viucomosefaz.com
Seja bem vindo ao blog viu como se faz. Este é um projeto colaborativo que visa divulgar, apresentar e publicar DIY, Tutoriais e dicas práticas para os leitores do site e que podem ajudá-los em seu dia a dia
Seja bem vindo ao blog viu como se faz. Este é um projeto colaborativo que visa divulgar, apresentar e publicar DIY, Tutoriais e dicas práticas para os leitores do site e que podem ajudá-los em seu dia a dia

Confira Também...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui