Viu como se faz

Viu como se Faz – Blog | é um projeto colaborativo que visa construir e compartilhar artigos com instruções passo-a-passo | instruções e dicas em diversos assuntos.

Como Fazer uma Horta em Minha Casa

horta em apartamento

Por muito tempo, eu morei em apartamento. Uma das principais vantagens era a segurança de morar numa altura onde você não poderia esperar que alguém pularia a janela e roubaria a sua TV – como ocorreu diversas vezes em minha vida. Mas uma desvantagem era que eu não tinha um quintal para fazer uma horta.

E como faz falta ter uma horta caseira…

As vantagens de se ter uma horta em casa são muitas. Primeiro, é uma tarefa relaxante. Plantar e colher o que você plantou é muito gratificante. Em segundo lugar, você consegue legumes, verduras e ervas orgânicas, livres de agrotóxicos dos encontrados nos grandes mercados. Os ganhos para saúde são impagáveis. E, por fim, você economiza dinheiro, dado que vai passar a colher aquilo que você precisaria desembolsar para ter.

Convencido de que é uma boa fazer uma horta em casa, você pode ter algumas dúvidas de como fazer isso. Neste guia, você vai ver que não é nada difícil pôr a mão na massa – ou melhor, na terra.

Antes de mais nada, vale dizer que você deverá fazer um pequeno investimento. Nada muito caro, mas você precisará de algumas ferramentas e produtos para iniciar a sua horta, como ferramentas de jardinagem, adubo, sementes, mudas, etc. Nada que você não encontre facilmente na sua cidade em alguma loja de plantas ou jardinagem – em cidades maiores, você encontra tais recursos até mesmo em mercados.

Como fazer horta ?

Tempo necessário: 2 horas.

Para fazer uma horta em sua casa, alguns passos são necessários, tais como:

  1. Preparar a terra

    Você vai precisar, primeiramente, remover tudo o que você não quer no seu solo. Isso inclui pedras, cacos de vidro, e, principalmente, ervas daninhas, que podem roubar os nutrientes das suas hortas

  2. Semear

    Após preparar a terra, vamos semear. Para tal, você precisa decidir o que você vai plantar. Podem ser feijões, podem ser rabanetes, podem ser alfaces, pode ser alecrim.

  3. Planejar a irrigação

    Após preparar o solo e semear a sua cultura, você deve dar água às suas plantas. E isso exige um planejamento de irrigação. 

  4. Prevenir pragas

    Se o seu solo é adequado e foi devidamente preparado, você terá poucos problemas com pragas. Mas ainda assim elas podem surgir. As pragas estragam as nossas plantas, roubam os nutrientes do solo e podem acabar com todo o seu trabalho em questão de dias.

Preparação da Terra

O primeiro passo é preparar a sua terra. O sucesso do seu plantio depende muito dessa etapa, dado que a terra bem preparada é fundamental para o crescimento sadio do que você desejar plantar. E não é nada difícil preparar o solo.

horta vertical

Você vai precisar, primeiramente, remover tudo o que você não quer no seu solo. Isso inclui pedras, cacos de vidro, e, principalmente, ervas daninhas, que podem roubar os nutrientes das suas plantações. Você pode realizar essa remoção com um ancinho.

Se a sua terra é pobre em nutrientes, você terá de adicionar algum bom adubo orgânico. Isso depende muito do tipo de terra, da região que você mora e da planta que você deseja plantar. Então nada melhor do que perguntar na loja de jardinagem mais próxima qual é o adubo adequado para o seu solo.

Outra opção de adubação é optar por adubos caseiros, que podem ser feitos com cascas de frutas, restos de legumes e outros alimentos. Você encontra tutoriais passo a passo de como fazer tais adubos no YouTube e em outros sites de tutoriais de jardinagem.

Semeando

Após preparar a terra, vamos semear. Para tal, você precisa decidir o que você vai plantar. Podem ser feijões, podem ser rabanetes, podem ser alfaces, pode ser alecrim. Enfim, as opções são as mais diversas. O importante, aqui, é você olhar o calendário de plantio de cada tipo de cultura. Existe a estação certa para realizar o plantio de determinada planta e você deve respeitar essas datas para obter um maior sucesso em sua horta.

A semeadura pode ser feita de duas formas: através de mudas ou de sementes. Ambas são vendidas em lojas de produtos para jardinagem. Você também consegue comprar sementes em preços agradáveis pela internet, nas diversas lojas virtuais que entregam sementes para todo o Brasil.

Existe uma profundidade em que você deve colocar a muda ou a semente. Também existe uma distância entre as mudas ou sementes que deve ser respeitada. Não entrarei em detalhes pois isso vai variar de cultura para cultura. Mas você também encontra ricas informações sobre cada cultura na internet, em sites como o Jardim.top, por exemplo.

Existe uma segunda dica muito relevante caso você faça uma horta com diversas culturas. Trata-se do que chamamos de “associação de culturas”. São tipos de plantas que se beneficiam uma das outras quando plantadas em uma região próxima. Isso se dá tanto por um complemento de nutrientes presentes no solo, como pela simbiose em afastar pragas.

Outro fato relevante é saber quais culturas se adaptam melhor ao seu clima. Existem culturas que preferem climas tropicais, mais quentes. E outras vão se desenvolver melhor em ambientes mais frios. A incidência de luz solar é outro fato a se pensar, dado que algumas culturas podem não resistir a regiões ensolaradas com incidência direta de luz solar.

Eis algumas das plantações mais fáceis de cultivar: brócolis, acelga, abobrinha, couve, espinafre, feijão e beterraba. Você pode começar com culturas mais fáceis até pegar o jeito e partir para as mais complexas. É tudo uma questão de aprendizado. De testes. De aperfeiçoamento da técnica e da busca pelo conhecimento.

Planeje a Irrigação

Após preparar o solo e semear a sua cultura, você deve dar água às suas plantas. E isso exige um planejamento de irrigação. 

Em regiões com muita chuva, esse processo pode ser mais fácil, dado que você só precisará irrigar nos dias de solo seco.

Mas as regiões mais secas podem exigir um planejamento melhor e um trabalho diário no caso de algumas culturas. Você deve entender que cada cultura exige um nível diferente de irrigação e você não pode “afogar” a sua horta com excesso de água.

Existem procedimentos para você irrigar de modo quase que automático e economizando mais água. Se você tiver dinheiro para investir, tais procedimentos podem ser uma boa pedida.

Previna Pragas

Se o seu solo é adequado e foi devidamente preparado, você terá poucos problemas com pragas. Mas ainda assim elas podem surgir. As pragas estragam as nossas plantas, roubam os nutrientes do solo e podem acabar com todo o seu trabalho em questão de dias. Por conta disso, é muito importante a prevenção de pragas.

Se você não quer utilizar inseticidas e fungicidas para ter um resultado final mais saudável, você pode optar pela utilização de bioestimulantes, que tornarão as suas plantas mais saudáveis e fortes. Existem, também, algumas plantas que repelem naturalmente as pragas e doenças apenas com o seu aroma. É o caso do manjericão e algumas flores.

Para finalizar, algumas culturas podem exigir poda constante, o que exigirá um certo conhecimento e algumas ferramentas para fazê-lo. Algo que você pega com o tempo. Outro trabalho que pode surgir constantemente é a poda de ervas daninhas, dado que elas roubam os nutrientes das suas plantas. E a colheita deve ser feita sempre no tempo certo, apenas no período de maturação da cultura em jogo.

Quando o tempo passar, você vai se sentir muito satisfeito de ter plantado o seu próprio alimento. É uma sensação incrível. Te desejo uma boa sorte e fico a disposição para responder possíveis dúvidas que você possa ter no campo de comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *